Existe equilíbrio para a política na Internet?

31 jul

Texto: Juliana Maximiano Torres / Foto: Marjorie Niele

Palestrantes Bob Fernandes, Josias de Souza e Ricardo Noblat

Palestrantes Bob Fernandes, Josias de Souza e Ricardo Noblat

A preocupação com o aprofundamento do tema abordado na Internet sempre foi a principal preocupação quando o assunto é blogs políticos. De acordo com Josias de Souza, blogueiro político da Folha de S.Paulo, “as pessoas tendem a achar que devem escrever menos na Internet; eu sou avesso a isso”. Para ele, o importante é saber o que escrever.

Josias acredita que o jornalista não forma opinião: “Se jornalista formasse opinião, Lula não teria sido reeleito em 2005, depois do mensalão”. O equilíbrio está em dar voz a todos os candidatos e a todos os simpatizantes, isso faz com que o conteúdo gerado seja claro, simples e acessível a todos.

Ricardo Noblat, responsável pelo Blog do Noblat, diz que seu compromisso é tentar escrever de forma deliciosa, e que sua única preocupação é ser fiel às normas do jornalismo. Para Noblat, a área de comentários deveria ser uma espécie de debate político, no qual os candidatos tivessem acesso às reais necessidades de seus eleitores, mas não acontece dessa forma. Devido à grande necessidade de expôr suas preferências políticas, os leitores acabam perdendo o limite entre o comentário e a ofensa.

Para os dois blogueiros e Bob Fernandes, editor do Terra Magazine, ser imparcial é quase impossível. O blog deve ter pluralidade em ano de eleição e deve ser referência em portais com assuntos políticos. Apenas 7% dos eleitores se informam sobre política pela Internet, e essa porcentagem deve receber uma informação de qualidade.

Clique no nome da palestra para fazer o download da apresentação, e no nome do(s) palestrante(s) para visualizar o(s) currículo(s):

O jornalismo em internet e blogs em ano eleitoral: a difícil busca do equilíbrio

Josias de Souza – josias@uol.com.br

Ricardo Noblat – noblat@uol.com.br

Bob Fernandes – bob_fernandes@terra.com.br

O 5º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo é uma realização da Abraji e da Universidade Anhembi Morumbi, com o patrocínio de Claro e Tetrapak, o apoio do Centro Cultural da Espanha em São Paulo, do Knight Center for Journalism in the Americas, do Open Society Institute, da Ogilvy, do Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo e a parceria do Fórum de Acesso a Informações Públicas, do Centre for Investigative Journalism , da UNESCO e da OBORÉ.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: